Go_to_top Bar
Seu carrinho está
vazio

Publique livros gratuitamente

Clube de Autores é a maior comunidade de autopublicação da América Latina. Inicie agora!

UMA FÁBULA E UM CONTO

Histórias que ensinam!

Ajaxloader
por
R$ 39,51

Sinopse

Atendendo a vários pedidos, transformamos dois livros; a fábula “O elefante e a anaconda” e o conto “O Senhor das Máscaras”, em uma só encadernação em formato quadrado (20cm x 20cm), como isso demos origem a séria HISTÓRIAS QUE ENSINAM, que pode ser encarado como outra obra paradidática – dois em um, por se tratar de textos educativos para crianças, jovens e adultos de dois gêneros fascinantes da literatura, escritos com a maestria originalidade do seu autor Henrique Musashi.

A fábula, O ELEFANTE E A ANACONDA, conta a história de um paquiderme que se apaixonou por um réptil. Fala-nos das consequências da paixão cega, desenfreada e confusa. Já o conto, O SENHOR DAS MÁSCARAS, discorre essencialmente sobre ética e ahonra, que nos leva a máxima popular que a “mentira tem pernas curtas”, onde um estranho aparece em um reino e consegue galgar status usando de artifícios e artimanhas para conquistar as pessoas mais crédulas e desenformadas.

Vale a pena ler e compartilhar estas duas histórias simples, mas que trazem uma bela mensagem a ser refletida.

*Mantivemos a mesmas ilustrações e capas internas dos textos originais. Boa leitura a todos!

Categorias: Animais, Educação, Não Ficção Juvenil, Aventura E Aventureiros
Palavras-chave: amor, honra, mentira, musashi, máscaras, paixão, paradidático, ética

Características

Cover_front_perspective
Número de páginas: 106

Edição: 1(2013)

Formato: Quadrado 200x200

Coloração: Preto e branco

Acabamento: Brochura s/ orelha

Tipo de papel: Offset 75g

Reconhecimento

Sobre o autor

Mini
Henrique Musashi

Nasci em Aracati a 30 de setembro de 1974. Sou escritor, produtor de licores artesanais (Licor Musashi) e um “piloto de fogão” apaixonado pela culinária oriental; Um empreendedor persistente, um sofrível estudante de Direito... Designer, Bonsaista, apreciador de vinho e charutos cubanos, um “biriteiro” responsável, “ex-pé de valsa”, mas, além de tudo, UM AMIGO LEAL!

Embora não exerça sou técnico em prótese dentária, fiz pedagógico, mecânica de refrigeração industrial e outros cursos (currículo um pouco extenso) vide currículo: http://musashivitae.blogspot.com.br/

Já fui coroinha, vocacionado Marista e já me aventurei em outra religião, mas hoje não tenho uma religião, não sigo e não frequento nenhuma igreja, mas respeito todos os credos. Tenho uma filosofia de vida voltada para minha ancestralidade que tem influências de budismo e do taoísmo, mas nunca me esqueço do respeito que aprendi com os meus pais e com os honoráveis irmãos Maristas a igreja católica.

Mas, a melhor maneira de saber de nós mesmo é pelo feedback que recebemos de outrem. Então:

* LANNY MOURA: Musashi, entre outras coisas, é um escritor memorialista, polêmico na medida certa, um iconoclasta educado cheio de sutilezas com toque pessoal de existencialismo. Seu primeiro texto escreveu aos oito anos de idade (O rapto da flor). Infelizmente só passou a guardar seus manuscritos depois dos seus 22 anos de idade, influenciado por seu professor de redação, Raimundo Nonato, que ficara encantado com um texto, em forma função metalinguística, que o jovem poeta fizera como “dever de casa”. Antes disso tinha uma profunda timidez em mostrar seus poemas e pensamentos, mas, depois, não parou mais, aprimorando sua escrita, também, com outro grande professor de Teoria da Literatura o, também escritor, Stelio Torquato Lima, mas desde cedo inspirado pelas histórias que ouvia de sua mãe Maria Lucileide e de sua professora da terceira séria Tia Socorro de Matos.

- x -

* PROF. ELIENE MAGALHÃES: Sobretudo na obra de Henrique Musashi percebe-se além da admirável vocação em seus escritos, uma intimidade com a crítica social a começar da imagem da capa que também é texto de visual interpretação e despojo a um modelo social de viver. Em redundante ele faz uma comparação e citação a si mesmo, mostrando uma intimidade com as palavras e complexidade em coloca-las, raramente encontrada nos autores de hoje, como se os autores do Trovadorismo ou do Naturalismo estivesse incorporados nele, mas usando uma linguagem mais tendenciosa ao simbolismo e ao romantismo que jamais vi. Em sua poesia há contemplação a mulher tão poeticamente bela que emociona o leitor e mesmo quando entra em uma crítica acirrada sua escrita traduz seu “ser poético” transcendental infinitamente criador.

Com a continuidade a perpassar em seus trocadilhos de palavras (complexas), aborda nas entrelinhas uma intimidade e sensibilidade nas relações sociais, emocionais, religiosas, afetivas, tecendo em sua linguagem metalinguística o simbolismo romântico em sua maioria onde o mesmo há uma diversificação apontando relações outras entre as palavras, composições na construção textual de sua coesão e coerência desenvolvendo seus signos, apelos às significantes e novas significações.

Henrique Musashi é notável conhecedor das emoções humanas, de uma fascinante percepção intelectual, invejável nos poetas e poetisas de hoje.


Mais publicações desse autor

Comentários - 0 comentário(s)


Fale com o autor

*Seu nome

*Seu email

*Mensagem


Como funciona

Passo 1

Você publica seu livro online, gratuitamente.

Passo 2

Você diz quanto quer receber de direitos autorais.

Passo 3

Nós vendemos e você recebe o dinheiro por depósito direto na sua conta.

Serviços profissionais

Conheça nossos serviços

São vários serviços para auxiliá-lo em sua obra:

Depoimentos

"Quero PARABENIZAR toda a equipe do Clube de Autores pelo belíssimo trabalho de atendimento, publicação e envio da obra. O livro está muito bonito!"

Eduardo Piereck

Formas de Pagamento (até 12x)

Segurança

Print


Clube de Autores Publicações S/A   CNPJ: 16.779.786/0001-27

Rua Otto Boehm, 48 Sala 08, América - Joinville/SC, CEP 89201-700