Original
Go_to_top Bar
Seu carrinho está
vazio
Olá

Clube de Autores é a maior comunidade de autopublicação da América Latina. Inicie agora!

Livro Notas, Acordes, Rítmo e Música

Por: Marcelo Torca Denunciar

Ajaxloader
de
R$ 27,63
por
R$ 24,59
por
R$ 12,92

Sinopse

Regras

1. Notas nas Linhas e Espaços

Utilizando os tabuleiros de pauta, é preciso ocupar as notas nas linhas e espaços, quem fizer isso primeiro ganha, são cinco linhas e quatro espaços, e é preciso informar o nome da nota ou figura no caso da percussão, ao errar, passa a vez. A percussão pode ter no mesmo lugar, variações nas indicações. Pode-se sortear quem começa primeiro, utilizando até mesmo um dado, também pode-se utilizar os números do dado para colocar a quantidade de pinos. Podem ser usados 5 pinos, 10 ou 15.

2. Sequência das Notas

As notas musicais são sete: dó, ré mi, fá sol, lá si. Ou podemos trabalhar com as letras em C, D, E, F, G, A, B.

A sequência das notas musicais para realizar as atividades deste livro, está baseada na escala cromática, e como se trata de um método de alfabetização musical, será trabalhada apenas com uma: dó, dó#, ré, ré#, mi, fá, fá#, sol, sol#, lá, lá#, si, dó. Ou também podemos trabalhar com as letras em: C, C#, D, D#, E, F, F#, G, G#, A, A#, B, C.

Quem formar primeiro uma sequência de oito notas, ganha, é preciso identificar cada nota colocada, ao errar, passa a vez. A sequência é entre linha e espaço. Utilize os Tabuleiros de pauta. Um dado será usado.

3. Formando Acordes

Quem formar cinco acordes primeiro ganha, não pode repetir o nome, para formar um acorde, basta unir três sons diferentes. No caso da Percussão, não vai formar acordes, mas vai unir três sons diferentes. Utilize os Tabuleiros de pauta.

. Compondo Música

Ganha quem compor uma música de 8 compassos, e que tiver a maior soma e maior quantidade de notas. O limite por compasso é de 12 notas, não podendo repetir a mesma figura mais do que 3 vezes. Utilize os tabuleiros de pauta.

7. Encontrando as Notas nas Tablaturas

Utilizando os tabuleiros tablaturas, encontre as notas musicais, utilize dado para realizar o jogo, ou poderá jogar um de cada vez. Tem que acertar o nome correto, caso contrário, não poderá colocar o pino. Na tablatura de percussão, são os nomes dos instrumentos, na tablatura de flauta-doce, fala-se ao nome da nota, e coloca-se os pinos necessários. Ganha quem completar primeiro a tarefa.

8. Encontrando os Acordes nas Tablaturas

Utilizando os tabuleiros tablaturas, encontre os acordes, podendo ser a quantidade de 2, 3, 4, 5, 6, 7 acordes, deve ser feita uma escolha, através do sorteio de um dado, ou outra forma de sorteio. O acorde tem que estar completo, lembrando que um acorde é formado pelo menos com três sons, ou seja, três notas diferentes, assim, mesmo os instrumentos que não vão formar acordes, deve-se colocar as três notas. No caso da percussão, escreve-se a levada, ou virada, utilizando as figuras rítmicas.

Os acordes:

C, D, E, F, G, A, B

Cm, Dm, Em, Fm, Gm, Am, Bm

C#, D#, E#, F#, G#, A#, B#

Cb, Db, Eb, Fb, Gb, Ab, Bb

C7, D7, E7, F7, G7, A7, B7

Cm7, Dm7, Em7, Fm7, Gm7, Am7, Bm7

Ganha quem conseguir formar primeiros os acordes indicados e de forma correta. Já as Levadas e Viradas, fica a combinar.

9. Batalha Musical

Utilizando o tabuleiro das pautas, com vinte pinos, não podendo usar mais que isso, forme acordes e levadas. Quem conseguir a maior pontuação, ganha. Não pode formar acordes repetidos, e no máximo pode fazer dois acordes de cada modo, os modos são: maior; menor; diminuto; aumentado. Em cada clave só pode ter no máximo três acordes. Só tem uma pauta para fazer a levada, e só pode formar, no máximo três levadas. Cada acorde e levada vale dez pontos. O acorde de sétima vale quinze pontos, mas só pode formar um. Começa quem tiver mais sorte, o primeiro a jogar é escolhido por sorteio. Só pode jogar um pino por vez. Ao formar dois acordes, tem o direito de tirar um pino do adversário, de todos que estiverem jogando, e isso só pode ser feito uma vez no jogo. Ao formar duas levadas, tem o direito de tirar um pino do adversário, de todos que estiverem jogando, e isso só pode ser feito uma vez no jogo. Quando o primeiro jogador acabar todos os pinos, o jogo encerra. Para os acordes serem válidos, é preciso que tenha no mínimo três sons, ou seja, três pinos, se o acorde não estiver completo, é descartado.

A levada tem que estar completa, caso contrário será descartada. As levadas só são feitas com bumbo e caixa e as pausas. As alterações sustenido # e bemol b, estão no final do livro para serem recortadas e utilizadas nos acordes.

Utilizando o tabuleiro das tablaturas, com vinte pinos, não podendo usar mais que isso, forme acordes e levadas. Para a tablatura de cordas e teclas é formado um acorde para cada, sendo que a tablatura de cordas, é preciso escolher qual instrumento será utilizado. Para a tablatura da flauta-doce, apenas será feita uma nota.

Para a tablatura da bateria, será cantada a levada, utilizando o dedo para fazer a ordem correta da levada, valendo apenas o bumbo e a caixa. Cada tablatura que esteja correta, vale dez pontos. Se acertar as quatro tablaturas, ganha dez pontos a mais. A cada cinco pinos colocados, nos múltiplos de cinco, ou seja, na tabuada do cinco, cada jogador poderá tirar um pino de quem está a direita ou a esquerda, fica a escolha de quem vai jogar. Mas só pode tirar um pino para cada resultado dos múltiplos de cinco. Ganha quem tiver a maior pontuação. O jogo acaba, quando o primeiro jogador usar todos os pinos. Apenas acordes completos valerão.

É preciso estar correto o que foi feito para ganhar os pontos.

Categorias: Popular, Instrução & Estudo, Exercises, Música, Educação, Didáticos
Palavras-chave: acordes, batalha, jogo, marcelo, música, notas, regras, rítmo, tablaturas, tabuleiro, torca

Características

Cover_front_perspective
Número de páginas: 45

Edição: 1(2018)

Formato: A4 (210x297)

Coloração: Preto e branco

Acabamento: Espiral c/ acetato

Tipo de papel: Offset 75g

Sobre o autor

Mini
Marcelo Torca

Os nomes: Marcelo Torca, Nhô Celo, Morales, Mamo Cato, são pseudônimos do músico, compositor e escritor Marcelo M. Torcato, cuja formação está baseada no piano erudito, e a sua atuação compreende a Música Popular, Música Erudita, Música Instrumental, onde escreve por quatro compositores, ou como se fosse.

Marcelo Torca é o compositor e escritor que atua no ramo da música instrumental e erudita, é o nome de apresentação, de divulgação e de comercialização, dentro da música instrumental trabalha com vários elementos harmônicos, melódicos e rítimicos, faz arranjos, possui músicas de autoria própria nos estilos: Caipira, Carnaval, Samba, Chorinho, Erudito. Como compositor faz várias experimentações e com vários instrumentos, desde instrumentos solos, até orquestras. Destacam-se as músicas: Baião a Quatro, Em Sonata, Som (flauta-doce, duas guitarras, piano); Diz Som Ando (piano); Tema (flauta, clarineta e orquestra de cordas e percussão). Como escritor, atua na área de poesia, conto, crônicas, destacando: Ao Amanhecer, Não Sei Poesias, Poesias em Dezembro, Carla(conto), Um Flautista(conto). Participou de três antologias, livros impressos: I Antologia Nacional de Poesias: Novos Poetas, Novos Talentos. Editora Mar de Idéias; Portal "Cá Estamos Nós": II Antologia. Editora All Print; Antológica Primazia. Editora All Print.

Mamo Cato pertence ao Rock Punk, onde a linha de atuação principal é de crítica a Sociedade, possui um som pesado, alegre, triste dependendo do tema a ser abordado, trabalha com guitarra, baixo, bateria, canto e teclado, pode-se destacar as músicas: Política Social, Rock Paulicéia, Liberdade. Política Social é um conjunto de dez músicas, onde o compositor deixa registrada a sua opinião referente a organização social, tem um som mais Punk, já Rock Paulicéia segue uma linha mais Rock, são dez músicas para agitar, onde os temas abordados são do cotidiano.

Nhô Celo segue a linha Caipira, onde as músicas falam sobre a vida no campo, no rancho, à beira do rio, sobre a organização da pessoa humana na zona rural, é um estilo regionalista e difunde o jeito de viver de uma determinada região, pertencente ao Interior Paulista, às margens do Rio Paraná, destacam-se: No Rio, Sonho, De Quem é Essa Terra (em parceria com Maria José M. Torcato). São músicas executadas com teclado (som de piano), baixo, viola caipira, canto, algumas músicas já foram gravadas instrumentalmente por Marcelo Torca, cujo cd já se encontra esgotado.

Morales é o músico compositor especializado em folia, ou seja, carnaval e a música que se destaca é a Folia Em Paulicéia, de rítimo alegre e contagiante, tem como proposta passar os dias de carnaval alegre e descontraído.


Mais publicações desse autor

Propaganda MACRISAN 2019

Propaganda MACRISAN 2019

Marcelo Torca
de R$ 47.05
R$ 47,05 Impresso
R$ 12,92 Ebook
FIMT 2019: Teclas, Cordas, Percussão e Sopro

FIMT 2019: Teclas, Cordas, Percu...

Marcelo Torca
de R$ 48.6
R$ 48,60 Impresso
R$ 12,92 Ebook
Coleção Marching Band de Marcelo Torca

Coleção Marching Band de Marcelo...

Marcelo Torca
de R$ 76.09
R$ 76,09 Impresso
R$ 12,92 Ebook
Propaganda

Propaganda

Marcelo Torca
de R$ 49.45
R$ 49,45 Impresso
R$ 12,92 Ebook
OGI, Orquestra Grupo Instrumental: Aprendendo

OGI, Orquestra Grupo Instrumenta...

Marcelo Torca
de R$ 50.27
R$ 50,27 Impresso
R$ 12,92 Ebook
FIMT 2015: Ilha Kwep, João da Silva

FIMT 2015: Ilha Kwep, João da Silva

Marcelo Torca
de R$ 27.41
R$ 27,41 Impresso
R$ 12,92 Ebook
FIMT 2015: Ilha Kwep, Crinjijimbé

FIMT 2015: Ilha Kwep, Crinjijimbé

Marcelo Torca
de R$ 27.41
R$ 27,41 Impresso
R$ 12,92 Ebook
Jesus

Jesus

Marcelo Torca
de R$ 30.16
R$ 30,16 Impresso
R$ 12,92 Ebook
FIMT 2015 Ilha Kwep, Rio Paraná

FIMT 2015 Ilha Kwep, Rio Paraná

Marcelo Torca
de R$ 27.41
R$ 27,41 Impresso
R$ 12,92 Ebook
A

A

Marcelo Torca
de R$ 27.41
R$ 27,41 Impresso
R$ 12,92 Ebook
FIMT 2015 Ilha Kwep, Abertura

FIMT 2015 Ilha Kwep, Abertura

Marcelo Torca
de R$ 27.41
R$ 27,41 Impresso
R$ 12,92 Ebook
Imagens e Arte

Imagens e Arte

Marcelo Torca
de R$ 43.02
R$ 43,02 Impresso
R$ 12,92 Ebook

Comentários - 0 comentário(s)


Fale com o autor

*Seu nome

*Seu email

*Mensagem


Como funciona

Passo 1

Você publica seu livro online, gratuitamente.

Passo 2

Você diz quanto quer receber de direitos autorais.

Passo 3

Nós vendemos e você recebe o dinheiro por depósito direto na sua conta.

Serviços profissionais

Conheça nossos serviços

São vários serviços para auxiliá-lo em sua obra:

Depoimentos

"O Clube de Autores está me ajudando a disseminar importantes conhecimentos básicos sobre o transtorno de personalidade borderline, na forma do livro Sensibilidade à Flor da Pele, permitindo que familiares e especialistas no assunto obtenham uma nova perspectiva, com mais compreensão e compaixão."

Helena Polak

Formas de Pagamento (até 12x)

Segurança

Print


Clube de Autores Publicações S/A   CNPJ: 16.779.786/0001-27

Rua Otto Boehm, 48 Sala 08, América - Joinville/SC, CEP 89201-700