Go_to_top Bar
Seu carrinho está
vazio
Olá

Clube de Autores é a maior comunidade de autopublicação da América Latina. Inicie agora!

Livro MARTÍRIO

Por: ADEILSON NOGUEIRA Denunciar

Ajaxloader
por
R$ 40,28
por
R$ 22,60

Sinopse

Durante o reinado de Antonino, surgiu um homem muito distinto, agora conhecido como Justino Mártir, cujas produções ainda são lidas com admiração, e cujo nome nunca morrerá. Ele nasceu em Samaria, de ascendência grega. Na juventude, ele enriqueceu sua mente com intenso estudo e extensas viagens. Todos os homens verdadeiramente grandes são pensativos. O mistério da vida os oprime e o pensamento do que há além dessa vida absorve a alma.

Justino deu um relato extremamente interessante de seus esforços para encontrar algum sistema de filosofia ou algumas doutrinas da religião que pudessem guiá-lo e consolá-lo. Eis a narrativa em suas próprias palavras:

“A princípio, me coloquei sob a instrução de um estoico. Depois de algum tempo, percebi que ele não podia me ensinar nada a respeito de Deus; na verdade, ele confessou que não conhecia nada do próprio Deus e que não considerava necessário o conhecimento Dele. Eu imediatamente deixei o estóico e me dirigi a um peripatético, um discípulo de Aristóteles. Ele era, pelo menos em sua opinião, um homem extremamente sutil. Depois de passar alguns dias com ele, descobri que ele estava mais interessado no dinheiro que eu deveria lhe pagar do que em qualquer outra coisa. Sendo satisfeito que essa não era a filosofia que eu precisava, eu disse adeus.

“Ouvindo um pitagórico de grande reputação, eu me candidatei a ele. Ele também tinha uma opinião muito exaltada de sua própria sabedoria. Quando lhe informei que desejava me tornar um de seus discípulos, ‘Muito bem’, ele disse para mim: ‘você estudou música, astronomia e geometria? Ou você acha que é possível entender qualquer coisa daquilo que leva ao bem - aventurança sem ter dominado as ciências que libertam a alma dos objetos sensíveis, tornando-a uma habitação adequada para as inteligências, e colocando-a em uma condição de contemplar a bondade e a beleza?'

Ao confessar que não havia estudado essas ciências, ele me dispensou; porque ele os considerou necessários.

“Pode-se julgar quão grandes foram meus sofrimentos ao ver minhas esperanças frustradas. Minha tristeza era a mais aguda, já que eu realmente achava que ele sabia alguma coisa; mas, como seria necessário muito tempo para me aperfeiçoar nesses ramos, não pude me submeter ao atraso. Então decidi buscar a instrução dos platonistas. Havia um filósofo dessa seita em nossa cidade, altamente distinto. Eu tive muitas conversas com ele, e aproveitei muito deles. Deu-me grande prazer conhecer as coisas incorpóreas. A consideração de ideias elevou meu espírito como nas asas de uma águia. Assim, pensei que em muito pouco tempo eu deveria me tornar sábio. Até concebi a tola esperança de que em breve veria a Deus. Esse estado de espírito me levou a buscar a solidão.”

Justino, em seguida, continua a narrar, que um dia ele estava andando pela costa do mar, absorvido em pensamentos, quando viu um homem venerável se aproximando dele. O porte digno do estranho, e a notável serenidade e doçura de seu semblante, prenderam sua atenção. Eles entraram em conversa. O estrangeiro provou ser um cristão, um homem de notável inteligência, que entendia os sistemas vãos dos filósofos, bem como os absurdos grosseiros da idolatria popular. Ele desdobrou a Justino os ensinamentos de Jesus. O jovem ficou profundamente impressionado com a revelação. Como ele contemplou a ideia de um Deus, o Criador de todas as coisas; de Jesus Cristo, o Filho de Deus, vindo ao mundo para fazer expiação pelo pecado; da imortalidade; da elevação da alma para a felicidade eterna no céu através da penitência, majestade da verdade. Ele se tornou um cristão dedicado. A simples pregação da cruz de Cristo, que muitos filósofos gregos consideravam como loucura, tornou-se para Justino, como para muitos outros, “a sabedoria de Deus e o poder de Deus para a salvação”.

Justino, por sua devoção abnegada, logo se tornou visível em todas as igrejas. Ele escreveu um pedido de desculpas em nome dos cristãos. Este tratado, que faria honra a qualquer pena no século XIX, foi dirigido “ao imperador Antonino, seus dois filhos, o senado romano e todo o povo romano”. Muito lúcido, ele afirmou as doutrinas essenciais do cristianismo, e a natureza da evidência sobre a qual a religião foi fundada. Com força irresistível de argumentação, ele refutou as calúnias com as quais os cristãos foram atacados, mostrando que suas esperanças de felicidade eterna foram todas perdidas se elas se permitissem em qualquer pecado conhecido. Ele se deteve sobre a injustiça de condenar os cristãos pelo nome deles. Ele deixou perfeitamente claro para a mais humilde inteligência, que, quando os cristãos falavam do reino de Cristo, eles referiam-se não a um reino terrestre, mas a um reino espiritual. Ele declarou a natureza e o significado dos sacramentos - do batismo e da ceia do Senhor.

Justino fechou seu pedido de desculpas com as seguintes palavras forçadas:

“Se você acha que o cristianismo é razoável, respeite-o: mas não condene a morte, simplesmente porque eles são cristãos, aqueles que não cometeram nenhum crime; pois declaramos a você que não pode escapar do julgamento de Deus se persistir em tal maldade. Quanto a nós, apenas dizemos: 'A vontade de Deus seja feita'. Poderemos exigir justiça de você em virtude do decreto de seu ilustre pai Adriano; mas preferimos descansar nossa causa na justiça de nossas exigências ”.

Categorias: Holocausto, Historiografia, Bíblia, Religião, Geografia E Historia, Educação
Palavras-chave: cristianismo, histÓria, impÉrio, romano

Características

Cover_front_perspective
Número de páginas: 28

Edição: 1(2019)

Formato: A4 (210x297)

Tipo de papel: Offset 75g

Reconhecimento

Sobre o autor

Mini
ADEILSON NOGUEIRA

ADEILSON SANTANA NOGUEIRA — Nascido em Estância-SE, em 30/06/1969, filho de Francisco de Carvalho Nogueira (I.M.) e de Maria Aldeiza Santana Nogueira, desde cedo apresentou interesse pela literatura e pela poesia, tanto é assim que, aos 11 já escrevia os primeiros poemas, com premiação em concurso de poesia no Colégio Costa e Silva, em Aracaju, cuja temática era a discriminação racial, também obtendo premiações na cidade de Lagarto, no Colégio Polivalente. Aos 10 anos, recebeu das mãos do Prefeito Heráclito Rollemberg, em Aracaju, o Certificado que lhe concedia o título de secretário mirim da educação. Em 1987 teve poemas publicados em dois livros no Rio de Janeiro: Brasil Literário (Crisalis Editora) e Poesia Brasileira (Shogun Editora e Arte), além de diversos escritos para o Jornal de Campos, Styllo, Primo Notícias, em Tobias Barreto, Folha da Jhô, em Lagarto, e Jornal da Manhã e Jornal da Cidade, em Aracaju. Jornalista e escritor, é autor de diversos livros, a exemplo da “Cartas de Amor”, “Um Poema para Você”, “Versos Dispersos e Prosa Esparsa”, “Exemplos que Edificam”, Rádio Novela “Gavião Rasteira e o Zoológico do Inferno”, “Lições que não Esqueci”, “Anos de Roubalheira”, “O Encontro”, “Épicos”, “Política”, “Mandacaru, A Origem” e “Julio Cesar”, “Pascal”, “Nogueira” “Cartas de Tobias”. Em 1987, a convite, fez um programa direcionado à cultura na Rádio Progresso de Lagarto, fato que o estimulou a fazer o curso de radialista na cidade de Itabuna-BA, tendo passado pela Rádio Progresso, Rádio Clube de Itapicuru, Rádio Luandê FM e Rádio Imperatriz (atual Ilha AM). Em 1999, ocupava o cargo de assessor de Comunicação na Prefeitura de Tobias Barreto, onde coordenou o Jornal Cidadania pra valer, de publicação mensal, na gestão do então prefeito Diógenes Almeida, fazendo parte, também, do colegiado das Políticas Educacionais. Professor desde 1988, prestou serviços à educação nos Colégios Monsenhor Basilíscio Raposo, Colégio Nsª Srª Menina, Ranchinho Feliz, Educandário Nsª Srª do Carmo, Colégio Cenecista Arnaldo Dantas, na Barra dos Coqueiros, além do SENAC e do CENAPE – curso pré-vestibular. Sempre que possível, levou oficiais da polícia militar à sala de aula para darem palestras contra o uso de entorpecentes. Em 1992, viajou para o Japão, onde trabalhou na Mitsubishi Motors Corporation, sediada na cidade de Nagoya, retornando em 1994. Primeiro representante da Anistia internacional em Sergipe, foi graças ao seu esforço decisivo junto ao Ministério da Justiça do Governo Peruano, sob a ditadura Fujimori, que a Anistia conseguiu a liberdade para um outro professor, injustamente encarcerado por comentar questões políticas em sala de aula. No Brasil e no Japão comandou greves, neste último, conheceu de perto a perseguição promovida pelos sindicatos patronais ao proletariado.

De 2005 a 2012, ocupou o cargo de Assessor Jurídico na Prefeitura Municipal de Tobias Barreto, de onde presidiu a comissão responsável pelo 2º Concurso Público na gestão da então prefeita Marly Barreto, além de colaborar na Lei que criou o Plano Diretor, entre tantas outras. Membro da Academia Tobiense de Letras e Artes – ATLAS, da qual é o atual presidente (biênio 2015-2017).

Numismata desde os seis anos de idade, suas 10 palestras sobre coleção de moedas antigas, registradas em DVD’s, viajaram pelos quatro cantos do País, para os Estados Unidos e Europa, tendo seu nome sempre lembrado nos encontros de colecionadores por todo o País.


Mais publicações desse autor

ESCRAVIDÃO DOMÉSTICA

ESCRAVIDÃO DOMÉSTICA

ADEILSON NOGUEIRA
R$ 40,28 Impresso
R$ 22,60 Ebook
ASPECTOS DA MORTE

ASPECTOS DA MORTE

ADEILSON NOGUEIRA
R$ 40,28 Impresso
R$ 22,60 Ebook
ANTONIO MUNIZ

ANTONIO MUNIZ

ADEILSON NOGUEIRA
R$ 40,28 Impresso
R$ 22,60 Ebook
VICTORINUS

VICTORINUS

ADEILSON NOGUEIRA
R$ 43,40 Impresso
R$ 22,60 Ebook
ARTE POÉTICA

ARTE POÉTICA

ADEILSON NOGUEIRA
R$ 40,28 Impresso
R$ 22,60 Ebook
NUMISMÁTICA JAPONESA

NUMISMÁTICA JAPONESA

ADEILSON NOGUEIRA
R$ 41,56 Impresso
R$ 22,60 Ebook
1789

1789

ADEILSON NOGUEIRA
R$ 41,16 Impresso
R$ 22,60 Ebook
NUMISMÁTICA CHINESA

NUMISMÁTICA CHINESA

ADEILSON NOGUEIRA
R$ 51,07 Impresso
R$ 22,60 Ebook
O DIÁRIO DE EVA

O DIÁRIO DE EVA

ADEILSON NOGUEIRA
R$ 47,96 Impresso
R$ 22,60 Ebook
A MEDIDA DO AMOR

A MEDIDA DO AMOR

ADEILSON NOGUEIRA
R$ 41,00 Impresso
R$ 22,60 Ebook
O TESTAMENTO

O TESTAMENTO

ADEILSON NOGUEIRA
R$ 40,28 Impresso
R$ 22,60 Ebook
A AMANTE DE KARL MARX

A AMANTE DE KARL MARX

ADEILSON NOGUEIRA
R$ 40,28 Impresso
R$ 22,60 Ebook

Comentários - 0 comentário(s)


Fale com o autor

*Seu nome

*Seu email

*Mensagem


Como funciona

Passo 1

Você publica seu livro online, gratuitamente.

Passo 2

Você diz quanto quer receber de direitos autorais.

Passo 3

Nós vendemos e você recebe o dinheiro por depósito direto na sua conta.

Serviços profissionais

Conheça nossos serviços

São vários serviços para auxiliá-lo em sua obra:

Depoimentos

"No Clube eu pude realizar meus sonhos! Pude dar vida a estórias guardadas apenas comigo! Durante meses eu busquei orçamentos em editoras e não encontrei um lugar onde eu tivesse condições de publicar os meus livros. Era tudo caro demais e eu já tinha muitos livros escritos e guardados. Seria im..."

Paula R. Cardoso Bruno

Formas de Pagamento (até 12x)

Segurança

Print


Clube de Autores Publicações S/A   CNPJ: 16.779.786/0001-27

Rua Otto Boehm, 48 Sala 08, América - Joinville/SC, CEP 89201-700